Van gogh

Vincent Van Gogh !


Sem dúvida alguma meu artista preferido, um pintor com talento nato que infelizmente não teve seu reconhecimento ainda em vida... Pelo contrario, Van Gogh passou seus dias admirando sozinho sua própria obra de arte. É indescritível a ligação que tenho, e como sua obra me comove, tenho por ele um carinho de quem sabe muito bem o desejo de viver de arte, além de mante-la viva. Lembro perfeitamente do momento que encontrei fotos de suas obras. Ainda na escola de ensino médio encontrava na biblioteca uma enciclopédia de "grandes mestres da arte", dentre eles, se não um dos principais: Vincent Van Gogh. Como havia dito, tentar explicar em palavras o significado de seu legado é um tanto difícil, posso dizer por tanto que me identifico com seu propósito, seus sonhos, e até seu jeito nostálgico. Porém, mais difícil do que explicar seu legado, é tentar entender como Vincent não foi notado pelas pessoas ao seu redor... Complicado não era a sua mente, e sim compreender como ele pode ter passado despercebido por toda sua vida.


BIOGRAFIA

              Van Gogh nasceu em 30 de março de 1853, em Groot-Zundert, Holanda, e morreu 29 de julho de 1890, aos 37 anos, na França, decorrente de ferimento causados por uma tentativa de suicídio com uma arma. Vincent Willem van Gogh era filho de Theodorus van Gogh, um pastor local, e de Anna Cornelia Carbentus, uma artista temperamental cujo amor pela natureza, desenho e aquarela foi transferido para seu filho.
               Aos 15 anos, a família de van Gogh passou por dificuldades financeiras, e ele foi forçado a deixar a escola. Conseguiu um emprego em uma empresa de arte do seu tio. Nesta época, van Gogh era fluente em francês, alemão e inglês, bem como em seu idioma nativo, o holandês.
               Em junho de 1873, van Gogh foi transferido para a Galeria Groupil em Londres. Lá, ficou apaixononado pela cultura inglesa. Ele visitava galerias de arte em seu tempo livre e também se tornou fã de Charles Dickens e George Eliot. Ele ainda se apaixonou pela filha da dona da casa que alugava, Eugénie Loyer. Quando ela rejeitou sua proposta de casamento e van Gogh sofreu terrivelmente.
               Van Gogh, em seguida, deu aulas em uma uma escola para meninos metodistas, e também pregou para a congregação. Na esperança de se tornar um pastor, ele se preparava para fazer o exame de entrada para a Escola de Teologia, em Amsterdã. Depois de um ano de estudo, ele se recusou a fazer os exames em latim, pois dizia ser uma "língua morta" de pessoas pobres. Ele não foi aceito na escola.
Fonte: seuhistory
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Translation


EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
Russian Portuguese JapaneseKoreanArabicChinese Simplified